Santa Sé encarrega Fellay de julgar um de seus padres.


Allan L. Dos Santos:

Quem está fora da comunhão com Roma mesmo?

Originally posted on Fratres in Unum.com:

A Congregação para a Doutrina da Fé nomeou o Superior da Fraternidade São Pio X, fundada por Dom Lefebvre, para ser o juiz de primeira instância no caso de um padre lefebvrista acusado de um crime grave.

Por Andrea Tornielli – La Stampa | Tradução: FratresInUnum.com: Ele mesmo [Dom Fellay] anunciou durante um sermão na igreja Nossa Senhora dos Anjos, em Arcadia, Califórnia, no dia 10 de maio de 2015: a Congregação para a Doutrina da Fé nomeou o Superior Geral da Fraternidade São Pio X (FSSPX), Dom Bernard Fellay, como juiz de primeira instância em um caso envolvendo um padre lefebvrista. O antigo Santo Ofício tem a incumbência de tratar de uma série de “delicta graviora”. O que ocorre mais frequentemente é aquele que diz respeito a abuso sexual de menores. Fellay apresentou esse fato como um exemplo das “contradições” nas relações da Santa Sé com a Fraternidade.

Dom Bernard Fellay“Somos…

View original 511 more words

Republicando – Campanha pelo lançamento de “Sobre a Paciência”.


Originally posted on Fratres in Unum.com:

Republicamos o post de 27 de maio de 2015, dada a premência da campanha, que se encerra em menos de uma semana.

Grande novidade na área para todos os católicos: a editora Concreta pretende publicar a obra “Sobre a Paciência”, uma reunião dos textos de três dos maiores autores da Patrística – Tertuliano, S. Cipriano e S. Agostinho – sobre a virtude cristã da paciência. A coordenação editorial é do Padre Cléber Eduardo Dias, também responsável pela tradução, prefácio e notas do livro.

Essa campanha é a primeira do recém-inaugurado selo da Concreta, a “Coleção Patrística”, que pretende trazer ao mercado editorial brasileiro as grandes obras das patrologias grega, latina e oriental, em apuradas edições bilíngües e contando com denso aparato crítico.

https://goo.gl/hKagm5

A editora funciona no sistema de financimento coletivo, no qual as colaborações do público é que permitem a concretização das obras. São diversas cotas para você colaborar…

View original 35 more words

Discurso do papa Pio XII para os participantes do 1º Congresso internacional de escolas privadas da Europa


Discurso do papa Pio XII para os participantes do 1º Congresso internacional de escolas privadas da Europa

Nós saudamos com prazer vossa primeira assembléia, senhores, os que vieram à Roma discutir os problemas comuns às escolas privadas européias. Iniciativa feliz cuja idéia nasceu de uma excursão à Viena de certos italianos elevados. A acolhida afetuosa que eles encontraram em Viena pôs em evidência uma similitude de intenções e preocupações, todas naturais, entre aqueles que dão à escola privada ou recebem nesta o melhore dos recursos humanos, espirituais e intelectuais.

Continue reading